sexta-feira, 9 de abril de 2010

Esfinge


Ei menina linda.
Sabes o que penso,
percebes como eu vinha
e a que mundo pertenço.

Agora estou aprendendo
a decifrar sua esfinge,
afinal, não sei se estás sendo
ou se apenas finge.

Mas esse mistério
é o que dá impulso
ao que guardo no império
dos meus próprios impulsos.

Ainda tenho velhas batalhas
que deixaram migalhas
pra próxima luta interior,
por isso não sei que sabor
tem essa descoberta
ainda coberta pelo velho cobertor,
na forma ainda deserta
de um nobre desertor.

17 comentários:

nagila rocha disse...

quando esse poeta vai escrever o primeiro livro? bom texto!

karollina_souza disse...

Você é mesmo um gênio.
Sou sua fã, sempre!
um beijo meu delicia.

rafaella disse...

Amei!! =** Meu poeta!

gisrocha disse...

...a densidade do sentir em versos.

Cacau Vieira disse...

Tem muita rima seus textos, muita rima e profundidade....Parabéns, não é fácil fazer isso.

Maria Augusta dos Anjos Rocha disse...

O dia de amanhã a de vir trazendo as respostas. Gostei daqui, vou ficar.
Abraços

Anônimo disse...

Gostei mto desse,é lindo!! Vc é um talentoso poeta,já tens em mim uma grande amiga e fã!! Bjos!

Luciana Lú

Anônimo disse...

binho todo sucessudo!
tudo lindo por aqui, sempre.

saudade ;*

mari

Paixão disse...

"Quando o mistério é muito impressionante a gente não ousa desobedecer" (Antoine de Saint-Exupéry)

adorei! :*

andressa disse...

Bob "Magrinho", de todos os teus poemas, esse é o que mais me encanta. Parabens!

Samantha disse...

Esse foi o melhor *-*

F . disse...

fodão hein arú!

Silvia disse...

Legal saber que continuas escrevendo. Parabens!
Sil

Rebecca Veloso disse...

Okay, próxima postagem, bola um verso bonitão pra mim x]
ahahahaahahahahahaaha

Bruna Sousa disse...

Ei Bob, nao precisava disso tudo... eu to aqui!!! UAHAUHuhauahUHAUAH

LoreNa disse...

Noossaaa.. mto lindo.. continua escrevendo viu! ^^

Maria Luísa disse...

e lah vai vc jogando e acertando com as palavras!!Parabens =]